servacademicos@unipiaget-angola.org +244 937 895 271
       

UNIPIAGET DEIXA SUA MARCA NO II FÓRUM GLOBAL DE PSICOLOGIA

Início > Notícias > UNIPIAGET DEIXA SUA MARCA NO II FÓRUM GLOBAL DE PSICOLOGIA

Universidade Jean Piaget de Angola promove interdisciplinaridade e multiculturalidade na prática da psicologia

UNIPIAGET DEIXA SUA MARCA NO II FÓRUM GLOBAL DE PSICOLOGIA

A Universidade Jean Piaget de Angola reuniu 28 oradores de diferentes países no segundo fórum global de psicologia, realizado nos dias 12 e 13 de Junho no auditório A4, sob o lema "Os Desafios da Interdisciplinaridade e Multiculturalidade".

Segundo o porta-voz do evento e Decano da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UniPiaget, Mestre Dorivaldo Guedes, “o fórum teve como objectivo promover a Interdisciplinaridade no exercício profissional da Psicologias em Angola e além-fronteira”.

De acordo com o presidente da comissão científica, Dr. Paulo Alves, a interação entre diferentes culturas é fundamental na psicologia. "Não podemos fechar as fronteiras do país, temos que olhar para o mundo e para as diferentes culturas, ouvindo a voz de todos os países e partilhando boas experiências para contribuir para a evolução das sociedades", afirmou.

A chefe do departamento de Ciências da Educação, Sociais e Humanas do Instituto Piaget de Benguela, Dr. Ana Quinene, destacou a relevância dos temas abordados no fórum para a compreensão da psicologia como ciência. "Todos os temas foram pertinentes e fazem parte do nosso quotidiano, trazendo respostas baseadas em dados e conceitos científicos", disse.

O secretário para a informação da Ordem dos Psicólogos, Nuno Pimpão, ressaltou os desafios contínuos da psicologia no contexto angolano e a importância das intervenções multidisciplinares. "A multidisciplinaridade leva o estudo dos fenômenos sociais a outras áreas do saber, e a multiculturalidade é fundamental para entender o indivíduo enquanto ser cultural", explicou.

A vice-presidente para a área científica e pós-graduação do Instituto Superior Politécnico Ndunduma, Dr. Lilia Stevens, abordou o "Projeto Okutanga – Variáveis Psicológicas em Situações de Violência Doméstica", destacando a alfabetização de mulheres angolanas e africanas em português e na língua Umbundo. "O processo de alfabetização integra várias culturas", disse.

O Dr. Jaime Sampaio, médico do hospital psiquiátrico de Luanda, discursou sobre a "Abordagem Clínica na Prevenção e Tratamento da Toxicodependência".

O fórum contou com a participação de oradores de Angola, Argentina, Brasil, Cuba, México, Moçambique e Portugal, que abordaram mais de 30 temas em conferências, simpósios e comunicações livres.

A comissão científica anunciou a realização do III Fórum Global de Psicologia, sob o lema "Os Desafios do Humano na Transformação Digital", que ocorrerá nos dias 28 e 29 de maio de 2025 no Instituto Piaget de Benguela.

Por: Joana Martins e Maria de Fátima.

18 de junho de 2024