servacademicos@unipiaget-angola.org +244 945 666 306

Palestra sobre a Malária e a sua ligação com a anemia por deficiência de ferro

Início > Notícias > Palestra sobre a Malária e a sua ligação com a anemia por deficiência de ferro

A coordenação de Ciências Farmacêuticas e a Empresa Shalina realizaram, no dia 5 de Novembro de 2019, uma palestra com os estudantes do curso de Ciências Farmacêuticas

A actividade contou com a presença de várias entidades da UniPiaget , das quais a do Vice-Reitor para a Docência e Investigação, Prof. Doutor Rui Brochado, a do Senhor Administrador Geral e Tesoureiro da AIPA Mestre José da Rocha, a do Vice-Decano da Faculdade das Ciências da Saúde Prof. Doutor Óscar Capote e a do Gestor dos Assuntos Regulamentares da empresa Shalina Dr. Tiago Martins.

A palestra foi presidida pelos docentes da Faculdade das Ciências da Saúde desta Universidade, nomeadamente o Dr. Vila Gonzalez e a Dra. Mabel Alonso.

Durante a dissertação do tema, o Dr. Vila Gonzalez referiu que a malária é uma doença tropical e parasitária que mais problemas sociais e económicos causa no mundo, sendo superada, somente, em número de morte, pela SIDA.

O palestrante afirmou ainda que a patologia é transmitida às pessoas, através da picada do mosquito anopheles infectado, que depois de 10 a 20 dias de picar uma pessoa com malária, passa a transmitir a doença a outras pessoas.

O especialista, ao terminar a sua comunicação, sugeriu, como medidas profilácticas, um projecto de educação em saúde com o envolvimento da população para a sua informação sobre a doença (modo de transmissão, quadro clínico, tratamento, etc.), sobre as medidas de prevenção e de controlo.

Recomendou às entidades competentes, a construção de valas de drenagem e remoção de águas em lugares onde se reproduzem os mosquitos, como latas, sucatas, pneus, etc; assim com a utilização de telas nas janelas, plantação de eucaliptos e educação sanitária.

A Dra. Mabel Alonso, a segunda palestrante, alertou que, de acordo com os dados laboratoriais, recolhidos das instituições hospitalares, a prevalência da anemia em Angola deve-se à escassez de ferro no organismo humano. Conforme afirma, as consequências são mais graves em mulheres grávidas, pois podem desencadear uma malária cerebral, e em crianças, a doença pode ter como consequência o baixo peso fetal, a malária congénita e a mortalidade infantil.

Antes de encerrar o encontro, a organização realizou um concurso com os referidos estudantes sobre o tema da palestra. O corpo de júri foi composto pelo Vice-Decano, Doutor Óscar Capote, a Coordenadora do Curso de Enfermagem, Mestre Idalina Amaro, o Coordenador Adjunto de Ciências Farmacêuticas, Mestre Wilson Anilba, o docente, Dr. Fabi Sambo e o responsável da Shalina, Dr. Tiago Martins.

Feita a avaliação, apuraram-se os três classificados: 1º Margareth Pontes; 2º Jerónimo Capato e 3º Daniel César.

A actividade pelo Vice-Reitor para a Docência e Investigação, Prof. Doutor Rui Brochado, com a frase: «Shalina e UniPiaget abraçados no sucesso dos nossos estudantes».





12 de novembro de 2019