servacademicos@unipiaget-angola.org +244 945 666 306

Homenagem ao Professor e Maestro Gaspar Agostinho Neto

Início > Notícias > Homenagem ao Professor e Maestro Gaspar Agostinho Neto

O Professor e Maestro, do grupo coral da UniPiaget, Gaspar Agostinho Neto foi homenageado pelo Complexo Escolar das Artes - CEARTE

O Professor e Maestro nasceu no dia 7 de Maio, fez o ensino primário e secundário na província de Luanda e formou-se em música na república da Cuba.

O evento cultural decorreu a 25 de Maio e foi apresentado pela professora do CEARTE Nzinga Liliana e contou com a presença de familiares e personalidades como o Vice/Reitor da Universidade Piaget Rui Brochado, o músico Carlos Lamartine, a radialista e psicóloga Maria Mendonça, membros da direcção, professores e alunos da Instituição.

Os alunos usaram a Arte da Representação para contar a história do Maestro, desde que decidiu estudar música em Cuba. Formou-se e voltou para Angola com 26 anos com ideias de vários projectos, muitos deles rejeitados nessa época. Mas, Gaspar não desistiu, participou em alguns eventos culturais importantes como O Festival da SADEC no Zimbabwe em 1975, na EXPO da China. Actualmente ocupa o Cargo de Vice/Director da Escola de Artes.

Depois de ver a sua história contada e representada pelos estudantes, o Maestro subiu ao palco e junto dos jovens brindou os presentes com um Clássico da música angolana. Meninos do Huambo de Rui Mingas e Manuel Rui Monteiro.

O grupo Coral da UniPiaget não ficou de fora da homenagem, tendo cantado sob o seu comando. No fim, Colegas e amigos proferiram palavras ao Professor que, visivelmente emocionado, junto da sua mulher e filha agradeceu a todos.

“Por muito frio que faça há sempre calor para aquecer a nossa esperança” afirmou.

O evento de homenagem culminou com a entrega de certificado de Distinção ao Professor e Maestro Gaspar Agostinho Neto pelo director do CEARTE Eusébio Pinto.

Gaspar Neto é, hoje, um orgulho para a sua família e uma fonte de inspiração para os seus alunos amigos e todos os que o conhecem e seguem. Então faça como ele lute, persista e conquiste os seus sonhos…



Por:

Elizéria António

Júlio Paulo

01 de novembro de 2019